Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mar

literatura, cinema e afins

mar

literatura, cinema e afins

Sab | 30.06.18

Literatura | Opinião: "O Código da Morte", de Lindsay Cummings

Mar Pereira

ATENÇÃO! Possíveis spoilers do primeio livro na sinopse abaixo apresentada. Opinião livre de spoilers.

 

123.jpgTítulo: O Código da Morte (em inglês, The Death Code)

Saga: O Complexo dos Assassinos, volume 2.

Autor(a): Lindsay Cummings

Edição: 2016

Editora: Saída de Emergência

ISBN: 9789896379315

Sinopse:  “Uma distopia inteligente, com personagens complexas e muita ação.

Semanas após ser capturada, Meadow Woodson foi feita prisioneira da Iniciativa e está prestes a perder tudo em nome da sobrevivência.
Tentam quebrá-la e forçá-la à submissão, mas a jovem não tenciona desistir e está determinada em não deixar a Iniciativa vencer. Não importam os obstáculos, atribulações e a dor, tudo irá suportar para proteger a sua família, mesmo que implique perder a vida.
Desejoso de obter vingança, Zephyr tem apenas um objetivo em mente: encontrar Lark Woodson, a mãe da rapariga que ama, e a mulher por detrás do segredo do Complexo dos Assassinos. Mas mesmo que consiga resgatar Meadow, ele terá de tomar a escolha de a seguir em direção ao desconhecido e sacrificar tudo aquilo pelo qual lutou, incluindo a sua própria liberdade…
Conseguirão ambos enfrentar a escuridão que os rodeia, derrotar os seus inimigos e, finalmente, encontrar uma luz de redenção e esperança?”

 Para mais informações, clica aqui.

XXXXx.pngNo passado verão, comecei a leitura desta duologia (espero que assim se mantenha e que a autora não continue a lançar livros que dão continuação a esta história…) e, na altura, fiquei com uma boa impressão da história e mundo criados pela autora. Caso ainda não tenham lido, podem consultar a opinião do primeiro livro aqui.

Realmente, gostei bastante do primeiro livro: foi intrigante, com ação rápida e vertiginosa, bom enredo… Quanto a este segundo livro, a história é completamente diferente.
A leitura continua a fluir bem, já que os capítulos têm, novamente, uma duração bastante curta (o que, para mim, desde já, é um ponto extremamente positivo), sendo bastante fácil virar a página e ler só mais um capítulo.
No entanto, senti neste segundo livro uma quebra no conteúdo e enredo da história. A primeira parte do livro, que está, no total, dividido em três grandes partes, é fantástica. Cheia de reviravoltas. Prende completamente a nossa atenção. As outras duas… Foram bastante paradas e secantes.
Não sei se isto estará conectado com o facto do meu gosto literário ter ficado um pouco diferente e eu, enquanto leitora, estar um bocadinho mais exigente, mas as personagens, que, no livro anterior, acabaram por me surpreender (acabei por gostar bastante das mesmas), neste ficaram, por vezes, intragáveis.
Não me alongando mais nesta opinião, já que tenho, primeiro, pouco tempo para me dedicar à análise de casa ínfimo pormenor da obra devido à grande pilha de matéria acumulada que tenho por estudar, segundo, medo de estar a dar-vos informações extra para o que é o primeiro livro, vou apenas dizer-vos que esta duologia vale a pena e não a pena: o primeiro livro é realmente muito bom e, embora este esteja um pouco diferente ou áquem do que eu esperava, não deixa de ser uma leitura rápida e boa para entreter, mas nada de brilhante.
Penso que já o referi na opinião do primeiro volume, mas fãs de distopia e sci-fi, esta é uma saga a não perder de vista!

XXXXx.png

★★☆☆☆

2/5 - Razoável

 

 Até breve! 😊

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.