Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mar

literatura, cinema e afins

mar

literatura, cinema e afins

Dom | 07.10.18

Experiências | Feira do Livro do Porto 2018

Mar Pereira

A Feira do Livro do Porto 2018 decorreu de 7 a 23 de setembro, nos jardins do Palácio de Cristal. 

Já tinha visitado a Feira o ano passado e este ano voltei a fazê-lo. Dizer que este é um espaço muito convidativo à compra de livros não é totalmente verdade: a falta de presença registada de algumas editoras torna a Feira mais pobre, no sentido em que muitas ofertas que poderíamos ter nos são automaticamente cortadas. Quanto às editoras presentes, os descontos praticados não são particularmente convidativos (anda tudo a rondar os 10 e os 20%, mesmo em livros publicados há mais de 18 meses). Alguns stands não aderem às campanhas de livros do dia e nenhum dos stands faz Hora H (hora na qual todos os livros com mais de 18 meses se apresentam com 50% de descontos [salvo raras exceções]). O local onde se compra melhor são mesmo os alfarrabistas. É preciso ir à Feira com tempo, tempo suficiente para ver todas as barraquinhas dos alfarrabistas. Só assim encontrarão bons negócios, já que, nas editoras, normalmente, tal não acontece. 

Como referido no vídeo da Mariana, existem ainda muitos pontos a melhorar na Feira, como por exemplo aquela espécie de "altar" de acesso às barracas. São estreitos e de prático não têm nada. Imagino a complicação que seria para uma pessoa de cadeira de rodas aceder aos stands, sendo que, sem subir a esses tais "altares", nada das bancas se consegue ver. 

Existem outros pontos a referir e criticar na Feira, mas prefiro focar-me no positivo. Há que dizê-lo: a Feira do Livro do Porto vale sobretudo pelo ambiente e pelo convívio, porque de resto, muito honestamente, deixa um pouco a desejar. 

 

Visitei a Feira do Livro duas vezes: dia 7 (1º dia de Feira) e dia 15 (4º Encontro de Booktubers, Bookstagrammers, Bookbloggers e Novos Autores). No primeiro dia, fui com duas amigas e avistei o Presidente da República ao longe. No segundo dia, fui rever pessoas que já tinha conhecido o ano passado e conhecer novos livrólicos (apesar de ter chegado 1h atrasada... ups). 

 

O que é que trouxe para casa?

Catálogos, jornal da Feira e marcadores. Foram simpáticas ofertas dos stands pelos quais fui passando. 

123.PNG

 

Quanto a livros, trouxe 5. Gastei 23€. Se os tivesse comprado em livrarias, teria gasto mais de 65€, por isso, foram bons achados e bons negócios, penso eu. Só uma das compras foi feita por impulso, os restantes livros já conhecia e queria ter na minha coleção há algum tempo.

123.PNG

O Despertar, Kate Chopin. Relógio D'Água - 5€

A Verdadeira Vida de Sebastian Knight, Vladimir Nabokov. Relógio D'Água - 5€

O Mistério da Estrada de Sintra, Eça de Queiroz & Ramalho Ortigão. Relógio D'Água - 3€

Os Corpos, Rodrigo Magalhães. Alfarrabista - 5€ (cof cof impulso cof)

O Primo Bazilio, Eça de Queiroz. Alfarrabista - 5€

 

E pronto. Resta-me apenas agradecer ao Vasco (canal creepysantos) por ter mais uma vez organizado o encontro entre leitores. Para o ano, lá estarei novamente. E também agradecer à Silvéria, a minha companheira de compras no 2º dia, que me fez sentir uma leitora não culpada x)

Para saberem mais sobre o Encontro de dia 15, vejam o vlog do Vasco! Não me consigo lembrar de toda a gente que esteve presente porque...

 

Imagem relacionada

 

Visitaram a Feira do Livro do Porto este ano?

 

Até breve! 😊

instagram | twitter | goodreads | mareads21@gmail.com

 

NOTA: Estou a recolher perguntas para fazer um Q&A! Queres fazer-me uma pergunta? Deixa-a neste post!

6 comentários

Comentar post