Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mar

literatura, cinema e afins

mar

literatura, cinema e afins

Dom | 30.09.18

De que é que eu não gosto na escola?

Mar Pereira

O regresso às aulas deu-se, para a minha pessoa, na passada segunda-feira, dia 17 de setembro. Se, há uns anos atrás, a meio de julho dizia estar "farta das férias", este ano, tal não aconteceu. Se me dessem mais três meses, aceitava de bom grado. 

A resposta de grande parte dos estudantes à pergunta feita no título seria: tudo (ou quase tudo). Sou uma sortuda por ter tido, ao longo destes anos, experiências boas na escola. Não quero dizer que tudo foi um mar de rosas (porque não foi, de todo), mas gosto das aulas, gosto de aprender e esses são os dois grandes ingredientes da escola, certo? Num dia em que entre às 8h15 e saia às 16h45, dessas 8h e tal dentro da escola, mais de 6h são passadas a ter aulas e a aprender. 

Portanto, se a questão fosse: gostas da escola? Eu responderia: sim, claro

Mas diria isso numa generalidade. Porque também existem umas quantas coisas que não me agradam particularmente, tais como... 

 

  • A confusão

Não é algo que não seja esperado, afinal, estamos a falar de um espaço que contém centenas de pessoas e, como tudo o que é espaço sobre-lotado, a azáfama, a correria e a gritaria são o prato do dia todos os dias

A meio do dia, confesso que isto me passa um bocado ao lado, mas, chegar à escola às 8h da manhã e ter que levar com miúdos do 7º Ano a gritar uns para os outros "OLHA, MANO, VISTE O ÚLTIMO VÍDEO DO WUANT?" é coisa para deixar o cérebro de uma pessoa frito.

 

  • As filas

Eu detesto esperar (algo que herdei da minha mãe). Não gosto. Se for a entrar num café e vir que tem uma fila de clientes à espera, dou meia volta e saio pela porta por onde entrei. Isto é um grande defeito, e, acreditem, já melhorei muito neste aspeto, mas, ainda assim, continuo a ser uma pessoa extremamente impaciente. 

Na minha escola básica, existiam filas nos intervalos (acho que é normal), mas, fora isso, nada de muito grave a apontar. No secundário, não. Há fila sempre e para tudo. É para o bar, é para a papelaria, é para marcar senhas, é para a cantina, para a casa de banho. Até para entrar na própria escola.

Só não há filas para requisitar livros. 

 

  • A competitividade 

Era algo que, novamente, no básico não havia. Agora, no secundário, tudo luta para ver quem consegue a melhor média e quem tira as melhores notas. Desdenha-se deste e daquele, critica-se aquela ou aqueloutra. Torna o ambiente pesado e mesquinho. 

 

  • A pressão e a expectativa

Há sempre alguém que espera muito de ti: os teus pais, professores e, até, colegas. Há sempre alguém à espera da perfeição. Traz-me muito, muito, muito stress. Not cool.

 

  • As pessoas 

Este ponto está um bocadinho ligado à competitividade, portanto, já se pode adivinhar um bocadinho o meu discurso. Nem sempre as pessoas são as mais simpáticas, existem situações extremamente desagradáveis e pouco sossego. As confusões e os conflitos são constantes. 

Não quero, contudo, dizer que não encontremos boas pessoas na escola. Felizmente, conseguimos encontrá-las, aqui e acolá. 

 

De que é que vocês não gostam/não gostavam na escola?

Até breve! 😊

 

 

 

 

 

 

 

12 comentários

Comentar post